Comunicado Samae

Devido a um problema no sistema da empresa, a Samae perdeu dados e teve problemas com contas que estão em débito automático

O SAMAE informa que em decorrência do problema ocorrido em seu Sistema, onde foi atacado por vírus, e que ocasionou a perda de dados, e mesmo com as atualizações realizadas, houve a necessidade de se realizar manualmente algumas dessas atualizações, dentre essas foram afetadas as contas em débitos automáticos. Assim, alguns clientes de débitos automáticos não tiveram o pagamento realizado em setembro, e todos os clientes do débito automático não tiveram o pagamento realizado em outubro. A esses clientes o SAMAE tranquiliza de maneira que não serão cobrados juros sobre as contas, uma vez não foi o cliente que causou o atraso. Porém pedimos que esses clientes se dirijam ao atendimento do SAMAE para realizar o pagamento dessas contas ainda não pagas, uma vez que elas não serão apresentadas para o débito automático.

Informamos também que as contas que vencem em novembro serão entregues antes do seu vencimento, e que o SAMAE está trabalhando para restabelecer o mais breve possível seus processos.

O atendimento do SAMAE funciona de segunda a sexta das 11:00 as 16:00.


AS INFORMAÇÕES E OPINIÕES EXPRESSAS NESTA COLUNA SÃO DE RESPONSABILIDADE ÚNICA DO AUTOR.

Compartilhe

LEIA TAMBÉM

Prefeitura conquista mais recursos para a Santa Casa

Por meio de emendas, foram arrecadados um total de R$ 360 mil para a Santa Casa de Misericórdia de Tietê

Obras das unidades de saúde GSP Life e Jardim São Paulo serão concluídas em dezembro

Os dois postos de saúde que estão sendo construídos resultam de investimentos de aproximadamente R$1,8 milhões

A corrupção das pequenas coisas

Atos menores e deliberados de corrupção presentes no nosso cotidiano, e que fogem do nosso tribunal de consciência

Trump presidente

O novo presidente dos Estados Unidos disse que será um presidente para todos os americanos

Tietê segue sem coleta de lixo

De acordo com empresa responsável, prefeitura não repassa a verba há nove meses