O aumento é de 16% comparado a 2016 e ainda vai ser discutido com a sociedade em 28 de novembro

O chefe do executivo municipal de Cerquilho, Dr. Tó, encaminhou para a Câmara Municipal o projeto de lei 21/2016 que trata do orçamento público na cidade das rosas para o exercício de 2017, a ser executado pelo próximo prefeito a comandar no mandato 2017-2020.

Para ainda este ano corrente, de 2016, foi apreciado pela casa de leis da cidade, que a receita (arrecadação com impostos, repasses dos governos estadual e federal e outros itens como multas, acordo judiciais) fosse de R$137 milhões. Para o próximo ano, projeto que vai ser discutido com a sociedade civil em 28 de novembro as 18h na Câmara e, ainda votado pelos vereadores este ano, projeta-se para R$160 milhões, um aumento de mais de 16%.

Acontece que na grande mídia, como a sociedade brasileira inteira vem acompanhando, a arrecadação vem caindo, a dívida do setor público vem aumentando, a economia não caminha a bons passos, gerando alto índice de desemprego e endividamento. Até outubro de 2016 o governo federal, a título de comparação, teve uma queda de 3,47% na arrecadação nos dez primeiros meses deste ano. E como a cidade pode projetar e arcar com aumento de receitas (que permite os gastos em cima deste valor) com números que somam mais que o dobro da própria inflação?

Para a Câmara o aumento é de R$300 mil, para o SAAEC é de R$200 mil, já para a Prefeitura o valor é de quase R$23 milhões a mais.

Segundo descriminação no próprio projeto de lei a fatia maior do orçamento está ligado a educação (secretaria de educação e cultura), com mais de R$54 milhões. Seguida pela saúde (secretaria de saúde e promoção social), com mais de R$35 milhões. Agora o mais curioso é a secretaria de administração e finanças, que prevê um salto de 50% (dos R$22 milhões em 2016 para R$33 milhões em 2017). Completam esta divisão da seguinte maneira:

- Secretaria de Obras, Viação e Serviços: R$8.765.000,00;

- Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente: R$3.500.000,00;

- Secretaria de Trânsito, Segurança e Defesa Civil: R$5.300.000,00;

- Secretaria de Esportes, Turismo e Lazer: R$2.080.000,00.

É dinheiro público e precisamos ficar de olho. Cabe aos vereadores analisarem e aprovarem as contas, por isso exija do candidato em que você votou na última eleição de outubro que fique de olho!


AS INFORMAÇÕES E OPINIÕES EXPRESSAS NESTA COLUNA SÃO DE RESPONSABILIDADE ÚNICA DO AUTOR.

Compartilhe

Colunista


Vinicios Morás

vinymoras@gmail.com
Um jovem educador, natural de Cerquilho, ligado no que acontece na região e atento o que acontece no Brasil e no Mundo. Instrutor de Aprendizagem de uma entidade sem fins lucrativos, capacitando aprendizes na região.
Todos os Artigos


LEIA TAMBÉM

#Vemprapraça2016 traz várias atrações até o final do ano

Chegada do Papai Noel será na quarta-feira, dia 7, com Carreta da Alegria e show musical

Menina desaparece em Tatuí

A única informação sobre a menina é que ela foi vista conversando com um homem

Prefeitura resolve questão do lixo

Tratativas foram feitas pelo prefeito Manoel David diretamente com o presidente da empresa

Educandário Rosa Mística

O Instituto atende 170 crianças e adolescentes e oferece atividades para o desenvolvimento completo delas

Duas pessoas morreram em acidente no fim de semana

As outras vítimas seguem internadas, uma em estado grave