O aumento é de 16% comparado a 2016 e ainda vai ser discutido com a sociedade em 28 de novembro

O chefe do executivo municipal de Cerquilho, Dr. Tó, encaminhou para a Câmara Municipal o projeto de lei 21/2016 que trata do orçamento público na cidade das rosas para o exercício de 2017, a ser executado pelo próximo prefeito a comandar no mandato 2017-2020.

Para ainda este ano corrente, de 2016, foi apreciado pela casa de leis da cidade, que a receita (arrecadação com impostos, repasses dos governos estadual e federal e outros itens como multas, acordo judiciais) fosse de R$137 milhões. Para o próximo ano, projeto que vai ser discutido com a sociedade civil em 28 de novembro as 18h na Câmara e, ainda votado pelos vereadores este ano, projeta-se para R$160 milhões, um aumento de mais de 16%.

Acontece que na grande mídia, como a sociedade brasileira inteira vem acompanhando, a arrecadação vem caindo, a dívida do setor público vem aumentando, a economia não caminha a bons passos, gerando alto índice de desemprego e endividamento. Até outubro de 2016 o governo federal, a título de comparação, teve uma queda de 3,47% na arrecadação nos dez primeiros meses deste ano. E como a cidade pode projetar e arcar com aumento de receitas (que permite os gastos em cima deste valor) com números que somam mais que o dobro da própria inflação?

Para a Câmara o aumento é de R$300 mil, para o SAAEC é de R$200 mil, já para a Prefeitura o valor é de quase R$23 milhões a mais.

Segundo descriminação no próprio projeto de lei a fatia maior do orçamento está ligado a educação (secretaria de educação e cultura), com mais de R$54 milhões. Seguida pela saúde (secretaria de saúde e promoção social), com mais de R$35 milhões. Agora o mais curioso é a secretaria de administração e finanças, que prevê um salto de 50% (dos R$22 milhões em 2016 para R$33 milhões em 2017). Completam esta divisão da seguinte maneira:

- Secretaria de Obras, Viação e Serviços: R$8.765.000,00;

- Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente: R$3.500.000,00;

- Secretaria de Trânsito, Segurança e Defesa Civil: R$5.300.000,00;

- Secretaria de Esportes, Turismo e Lazer: R$2.080.000,00.

É dinheiro público e precisamos ficar de olho. Cabe aos vereadores analisarem e aprovarem as contas, por isso exija do candidato em que você votou na última eleição de outubro que fique de olho!


AS INFORMAÇÕES E OPINIÕES EXPRESSAS NESTA COLUNA SÃO DE RESPONSABILIDADE ÚNICA DO AUTOR.

Compartilhe

Colunista


Vinicios Morás

vinymoras@gmail.com
Um jovem educador, natural de Cerquilho, ligado no que acontece na região e atento o que acontece no Brasil e no Mundo. Instrutor de Aprendizagem de uma entidade sem fins lucrativos, capacitando aprendizes na região.
Todos os Artigos


LEIA TAMBÉM

Prefeitura resolve questão do lixo

Tratativas foram feitas pelo prefeito Manoel David diretamente com o presidente da empresa

Menina desaparece em Tatuí

A única informação sobre a menina é que ela foi vista conversando com um homem

Duas pessoas morreram em acidente no fim de semana

As outras vítimas seguem internadas, uma em estado grave

Caravana de Natal da Coca-Cola

Durante 17 dias a Caravana de Natal da Coca-Cola percorrerá 14 cidades da região

AB Colinas realiza ação de segurança viária com pedestres em Cerquilho

A ação de segurança viária tem como objetivo incentivar os pedestres que utilizam as rodovias a fazerem a travessia segura